Sindipetro-PA/AM/MA/AP
  • Petrobras mantém ataques em reuniões de negociação. Assembleias de 27 a 30/9 decidem próximos passos
    As reuniões agendadas pela direção da empresa para 22 e 29/9 não trouxeram nenhuma nova proposta para a categoria. Na avaliação da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), a estratégia do RH é enrolar a negociação até a data da implantação da Reforma Trabalhista (11/11), abrindo espaço para ainda mais retirada de direitos.
    Por isso é fundamental que a categoria compareça em peso às assembleias convocadas pelo Sindipetro PA/AM/MA/AP para dizer um grande NÃO à proposta da Petrobras. Também vamos discutir e votar a necessidade de assembleias permanentes, […]


    Leia mais...

  • O próximo dia 3 de outubro (terça-feira) marca os 64 anos da criação da Petrobras (lei 2004/53), após a histórica campanha “O Petróleo É Nosso!”. Para a data está sendo organizado grande ato no Rio de Janeiro, contra a privatização da empresa e do petróleo brasileiro.
    Nossas assembleias discutirão as mobilizações nas unidades por todo o país. Esta será a primeira etapa da campanha em prol de um Acordo Coletivo de Trabalho com nenhum direito a menos. Além disso será um movimento de luta pela garantia do controle estatal da Petrobras e contra as demais privatizações. Vamos levar às ruas o […]


    Leia mais...

  • Sem qualquer explicação, foi bloqueado, no dia 14 de setembro, o acesso do diretor Jurídico do Sindipetro PA/AM/MA/AP, Jonas Neto ao terminal aquaviário. No mesmo momento, a inaceitável prática antissindical da Transpetro foi denunciada na mesa de negociação do ACT, que ocorria no Rio de Janeiro.
    Apuramos que a execução veio pela chave de um empregado da gerência de Inteligência (sic) e Segurança Corporativa. Posteriormente, um representante do Gapre entrou em contato com a direção do sindicato e disse que houve um engano. O RH também ligou e pediu desculpas. Estamos de olho!


    Leia mais...

  • Cerca de 300 pessoas estiveram na Ordem dos Advogados do Brasil, no Rio de Janeiro (OAB-RJ), para debater a proposta de equacionamento do déficit da Petros, nesta segunda (25).
    O formato apresentado inviabiliza a existência do Plano, ao transferir as obrigações das Patrocinadoras para participantes e assistidos, sem qualquer justificativa técnica ou contratual. A diminuição do passivo facilita o processo de venda dessas empresas, e quebra um compromisso histórico das Patrocinadoras com seus funcionários.
    Além disso, na composição do déficit técnico, existem causas estruturais que demandam responsabilidades de cobertura de forma diferenciada pelos participantes e assistidos.
    Parte do impacto tem origem administrativa e […]


    Leia mais...

  • Na última semana (12), o Conselho Deliberativo da Petros aprovou o plano de equacionamento do Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP). Para espanto dos participantes e assistidos, a proposta é de que participantes e assistidos paguem pesadas contribuições extras mensais durante os próximos18 anos!
    Os conselheiros fiscais eleitos com apoio do Sindipetro PA/AM/MA/AP, FNP e Fenaspe reprovaram as contas da Fundação nos últimos 14 anos, apontando as causas estruturais e conjunturais do déficit e denunciando junto às instâncias competentes a má administração do Plano.
    A direção do Sindipetro PA/AM/MA/AP concorda com Paulo Brandão, conselheiro fiscal eleito na Petros: “Nossa luta se dará […]


    Leia mais...

Página 4 de 121« Primeira...23456...102030...Última »